quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Portfólio apresentado à disciplina estágio supervisionado na educação infantil,


UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO – UEMA
CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE CAXIAS – CESC
DISCIPLINA: ESTÁGIO SUP. NA EDUCAÇÃO INFANTIL.

LEONCIO GMES DA SILVA JÚNIOR










 ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL









CAXIAS/MA
2012

LEONCIO GOMES DA SILVA JÚNIOR











 ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Portfólio apresentado à disciplina estágio supervisionado na educação infantil, do departamento de Ciências Social e Filosofia do CESC/UEMA.
Professora: Cléia Maria Azevedo









Caxias/MA
2012


IDENTIFICAÇÃO DO ESTAGIÁRIO (A)

Nome do Estagiário: Leoncio Gomes da Silva Júnior_5º período____________________
Nível de Estágio Supervisionado: Na educação infantil___________________________
Local do Estágio: CEI Prof. Francileide Leal Moreira____________________________
Nome do (a) orientador (a) de Estágio: Cléia Maria Lima_________________________
Carga Horária: 90 Horas        Início: 04/10/2012                 Término: 09/11/2012

























SUMÁRIO


<!--[if !supportLists]-->1         1   <!--[endif]-->INTRODUÇÃO............................................................................................5
  1. JUSTIFICATIVA..........................................................................................5
  2. Objetivo...................................................................................................6
     4.  Fase de preparação...........................................................................6
4.1Orientações iniciais e aportes teóricos........................................................6
5. FASES DE OBSERVAÇÃO E PARTICIPAÇÃO..........................................7
<!--[if !supportLists]-->5.1 <!--[endif]--> Observação da instituição (características/ espaço físico )..........................7
<!--[if !supportLists]-->5.2 <!--[endif]--> Participação em sala aula............................................................................9
<!--[if !supportLists]-->5.3 <!--[endif]--> Relatório entrevistas...................................................................................10
      6. FASE DE REGÊNCIA..................................................................................11
7. COSIDERAÇÕES FINAIS ...........................................................................13
<!--[if !supportLists]-->8     <!--[endif]-->REFERENCIAS...........................................................................................15
 ANEXOS...













<!--[if !supportLists]-->1.   <!--[endif]-->INTRODUÇÃO
Este relatório possui o intuito de descrever as atividades realizadas durante as fases: OBSERVAÇÃO, PARTICIPAÇÃO E REGÊNCIA, em que o acadêmico do CESC – UEMA – Leoncio Gomes da Silva Júnior, cursando o 5º período de Pedagogia, iniciou a partir do dia 04 de Outubro ao dia 09 de Novembro.
            Relatar cada fase torna-se necessário relatar todas as estratégias utilizadas, bem como as dificuldades e limitações vencidas no âmbito escolar, tanto na adequação interpessoal presente quanto no conteúdo escolar.
            A primeira e segunda etapa corresponde às fases de observação e participação com uma meta cumprida de 70h/a, nesses momentos foram analisadas as formas de planejamento das aulas e os recursos empregados pela professora Cléia Maria Azevedo Lima, uma organização de metodologia, os conteúdos, bem como o manejo com a turma. Relata-se ainda a receptividade dos alunos ante a metodologia favorecida e o ambiente que também é estrutura fundamental para o aprendizado. Ressaltando ainda a participação do estagiário com atividades requeridas pelo professor aos alunos.
            A terceira fase compreende o memento da regência de 20h/a. Nesse tópico será destacada a prática da estagiária como professora regente, relatando os procedimentos didáticos desenvolvidos no contexto da sala de aula, mencionando conteúdos trabalhados, os recursos didáticos empregados e a reação dos alunos nas atividades propostas.

<!--[if !supportLists]-->2.    <!--[endif]-->JUSTIFICATIVA

         O presente portfólio de estágio proporciona ao acadêmico uma previa experiência da pratica docente, através da observação pode-se relacionar a prática com os princípios teóricos estudados até o presente momento, desta forma enriquece a formação acadêmica e a futura prática docente, haja vista que o estágio propõe estratégias para que o acadêmico busque uma prática docente realmente significativa.
O estágio foi realizado em trio pelos acadêmicos, Francisca Paula, Cristineide Fernandes e Leoncio Gomes seguindo um cronograma do curso com leitura do manual de estágio, fundamentação teórica, conhecimento da escola campo e os projetos desenvolvidos pela mesma, observação dos trabalhos da gestão escolar, entrevistas, com os coordenadores, professores e os funcionários da escola.
 O Estágio é uma exigência da Lei de Diretrizes de Bases da Educação Nacional (LDB – Lei n.º 9394/96). O Estágio Supervisionado é necessário à formação do profissional a fim de adequar essa formação às expectativas do mercado de trabalho, o mesmo visa fortalecer a relação teoria e prática baseado no princípio metodológico de que o desenvolvimento profissional implica, em utilizar conhecimentos adquiridos, tanto na vida acadêmica, como na vida profissional e pessoal. O estágio constitui-se um importante instrumento de conhecimento e de integração do aluno na realidade social, e do trabalho em sua área profissional.
Portanto, é no estágio prático em sala de aula, que o futuro professor tem a oportunidade de se aperfeiçoar, para exercer com êxito sua futura profissão. É o momento em que o futuro professor sai da teoria e vai por em pratica o que conseguiu assimilar com a teoria, assim confrontando teoria e pratica.

<!--[if !supportLists]-->3.    <!--[endif]-->OBJETIVOS
3.1 GERAL
Apresentar meus principais trabalhos e atividades, relacionado à disciplina estágio supervisionado na educação infantil durante o período de observação, participação e regência. O foco principal e aparte relacionado à minha regência, nos trabalhos feitos com os alunos. Realizar um relatório sobre teoria e pratica na educação infantil

<!--[if !supportLists]-->4.    <!--[endif]-->FASE DE PREPARAÇÃO

4.1 ORIENTAÇÕES INICIAIS E APORTES TEÓRICOS

Há nos meios educacionais, uma grande preocupação com a formação inicial de professores. Preocupação justa e amparada nas leis educacionais e na teoria da educação. Para melhor compreensão disto, é preciso fazer um estudo à luz da Legislação Educacional em vigor no país. Pois a Educação Infantil, atualmente, adquiriu nova dimensão, com a implantação do Ensino Fundamental de nove anos, com as crianças chegando à Escola e também se alfabetizando cada vez mais cedo. Sabe-se que para educar, necessitamos de um suporte que vá além dos significados e conteúdos de diferentes disciplinas. Isso só será possível realmente se a profissão de educar/ensinar estiver de acordo com atitudes éticas abertas à ação e à reflexão sobre o que realizamos no nosso dia a dia na escola. Com essa perspectiva houve a necessidade do estagio supervisionado na educação infantil, ministrado pela a professora Cléia Maria Azevedo de Lima, na instituição de ensino cesc/uema, nos período de 14 de Agosto de 2012 ate 02 de Outubro, a mesma nos fez uma revisão geral dos vários conteúdos sobre a educação infantil, com isso nos apropriarmos de uma vasta teoria na preparação do estagio.  Em sala de aula foram nos propostos varias estudos de textos, em forma de seminários, onde nos mostrou as varias concepções de estágios, o dualismo entre teoria/ pratica a importância do mesmo na construção da identidade do Pedagogo.
Retomamo-nos as estruturas que fundamentam a educação infantil no Brasil, estado, na escola, onde pudemos ter uma visão de como a educação infantil se deu no mundo e no Brasil, também teve revisões de alguns conteúdos como planejamento escolar, de aula, de ensino, de curso e suas varias funções e importância para as aulas. Nesta perspectiva a professora nos solicitou um planejamento de aula, que no exato momento fiz um plano voltado para o espaço escolar e a elaboração de projeto Didático, que foi dividido em grupos com os seguintes projetos: Quem canta seus males espanta Brincadeiras mágicas, Comer, comer para poder crescer, Por dentro da leitura.


5. FASES DE OBSERVAÇÃO E PARTICIPAÇÃO

<!--[if !supportLists]-->5.1 <!--[endif]-->OBERSERVAÇÃO DA INSTITUIÇÃO (CARACTRISTICAS /ESPAÇO FISICO)

 O estágio em docência na Educação Infantil foi realizado na escola municipal CEI PROFESSORA FRANCILEIDE LEAL MOREIRA, com os meus companheiros de estagio Francisca Paula, Cristineide Fernandes, no turno matutino, no bairro, Nova Caxias em Caxias - MA, no período de observação que foi do dia 04/10 ao 11/10, a escola funciona das 07h30min as 11h00min, na faixa etária de 25 alunos por sala, na minha sala de estagio contém 23 alunos. O quadro docente é composto por 1gestora, 1coordenadora, 1secretaria, 7professoras, sendo algumas efetivas e outras contratadas. Os educadores dispõem de recursos didáticos e como, DATASHOW, DVD, e aparelho de som, uma biblioteca muito bem organizada Somando-se aos funcionários da escola, tem três serviços gerais, quem fazem a limpeza da escola e o lanche para os alunos, 3vigias, que fazem a segurança,
A escola CEI FRANCILEIDE LEAL MOREIRA é uma escola bem arborizada e no seu aspectos físicos estruturais pode-se notar, 1sala de direção ( diretoria), 1 secretaria, , 1 biblioteca,1 cozinha, 3  banheiros,  7 salas de aula,1 quintal, 1pátio, há um espaço bem amplo e arejado para crianças, no entanto não tem o chamado recreio, pois não há a necessidade devido as aulas serem dinâmicas. Dentre as salas observadas no geral mostram-se em situação suficiente para atender as necessidades dos discentes. Nas dependências observou-se uma direção que se interagi de forma cordial com a coordenação pedagógica, possuem ventiladores, lâmpadas em todas as salas.
A instituição em sua administração pedagógica, já elaborou seu projeto pedagógico. As aulas são planejadas mensalmente, as reuniões de planejamento dos professores acontecem de duas maneiras: há o planejamento semanal no qual os professores elaboram suas aulas da semana, e o planejamento mensal com todos os professores e funcionários juntos para planejar as ações que irão ocorrer durante o mês, no momento do estagio teve reuniões com os pais dos alunos e planejamento, porem nos estagiários não fomos convidados a participar ficamos na sala com os alunos enquanto ocorriam esses trabalhos escolares. No meu ponto de vista penso que seria de muito proveito se nos tivéssemos vividos essa realidade.  
    Entre as características da escola ela possui valores que são: compromisso, autonomia, respeito e criatividade. Sua visão de futuro é ser reconhecida e se destacar pelo compromisso com a aprendizagem discente, pela autonomia dos profissionais, pelo respeito e pela criatividade presente em todos os serviços.
No que se refere à observação da professora regente ela faz uma retomada dos conteúdos já trabalhados, relação entre o tema trabalhado e o cotidiano dos alunos, planejamento da aula, uso de livros didáticos, correção das atividades. Quanto ao planejamento cumpriu se com o esperado. Em meu ponto de vista não faria nada diferente em relação aos métodos usados pela professora.
Em relação a aula os alunos são organizados em círculos, a professora não faz acolhimento pois ela geralmente chega atrasada, a entrada e saída dos alunos e feita em fila com o acompanhamento da professora, a frequência e feita por meio de contagem, sempre tem exposição dos trabalhos realizados pelos alunos.

<!--[if !supportLists]-->5.2 <!--[endif]-->PARTICIPAÇÃO EM SALA DE AULA
Nestes momentos a um passo da regência pode-se acompanhar as formas de planejamento, junto à professora dos conteúdos programáticos aplicados no decorrer das aulas e contribuir de forma significativa para o andamento das atividades, a professora contribui bastante neste andamento, pois a mesmo nos auxilio bastante, nos mostrando como poderíamos melhor ensinar as crianças. Foi um período muito gratificante, onde pude aprender mais na pratica o que estudamos na teoria.
As atividades desenvolvidas neste período de observação e colaboração compreenderam aprendizagens conforme os eixos de trabalho na educação infantis considerados significativos para a produção cultural humana que amplia e enriquece as condições de inserção das crianças na sociedade, a saber: Identidade e Autonomia, Movimento, Música, Artes Visuais, Linguagem Oral e Escrita, Natureza e Sociedade e Matemática, descritos no Referencial Curricular Nacional Para a Educação infantil, que define dois âmbitos de experiências: Formação Pessoal e Social e Conhecimento de Mundo, procurando adotar a mesma divisão por faixa etária contemplada nas disposições da LDB, buscando relacionar aspectos afetivos, emocionais, cognitivos e sociais das crianças das faixas etárias abrangidas, considerando a variação de faixas etárias encontradas nos vários programas de atendimento nas diferentes regiões do país, não identificadas com as determinações da LDB.
Na sua rotina diária os alunos fazem uma roda de leitura, cantam músicas. A professora conduz a aula com organização e promove atividades que favorecem o aprendizado, busca formas diferenciadas de ensinar os educando, promovendo o lúdico e tornando prazeroso o ingresso diário à escola.
Os alunos cantam na sala de aula e nas apresentações festivas e cívicas da escola, também ouvem histórias. Na hora do lanche fazem uma fila e saem de mãos dadas, depois de tomarem o lanche voltam para a sala de aula.
A professora valoriza muito o brincar, permitindo que os alunos contribuam e os professores se renovem e inovem. Nas paredes da sala estão expostas as produções de desenhos realizados pelos alunos. Também existe um alfabeto colorido, figuras geométricas.

<!--[if !supportLists]-->5.3  <!--[endif]-->RELATORIO DE ENTREVISTAS

Nas entrevistas realizadas, na escola municipal CEI FRANCILEIDE LEAL MOREIRA, podemos perceber como é a estrutura metodológica da mesma, a organização do trabalho administrativo na escola acontece de forma planejada em parceria, ou seja, todas as atividades são discutidas e planejadas, visto que o planejamento acontece mensalmente, definição e organização da rotina semanal pelos professores e acompanhamento da coordenação segundo a coordenadora Maria do Amparo Pereira. Ao indagarmos quais as dificuldades para exercer sua função a gestora Maria do Carmo de Sousa Façanha nos relatou o seguinte – trabalhar com um novo perfil de aluno aprender a conversar com interlocutores que não fazem parte do meu cotidiano, gerir recursos financeiros preocupar se com a qualidade dos profissionais e pilotar com a construção de um projeto com foco na aprendizagem.  E quando indagamos sobre como é elaborado o PPP da escola? – Direção e coordenação pedagógica atuam para dar formação continuada na própria escola para os professores e garantir a aprendizagem das turmas e demais funcionários.
Nos relatos da professora Nonata Reis os trabalhos são organizados de forma planejada junto com os professores, organiza os projetos a serem trabalhados no mês que estavam planejando. Os assuntos, mas tratados são os projetos e o desenvolvimento dos alunos, as dificuldades encontradas pelos professores são a falta de autonomia para realizar seus projetos.
Nas entrevistas realizadas ao grupo de apoio da escola, deixaram muito a deseja no meu ponto de vista, pois os mesmo não exercem uma função de acolhimento com as crianças, nos relatos do vigilante, percebe-se que o seu papel é de segurança da escola, apoio na entrada e saída da escola de pessoas que não são da escola, como pai, irmãos, primos das crianças dentro outros. Ao indagarmos sobre sua função o vigilante respondeu que é monitorar a entrada e saída dos alunos e contribuir em alguns serviços gerais.
6 FASE DE REGENCIA
No período da observação da escola, exatamente no dia 04 de outubro fomos apresentados à coordenadora Maria do amparo, conhecemos a escola fizemos a observação do prédio. No dia 09 de outubro fizemos a observação do professor na sala de aula que no presente momento não pode comparecer e a aula foi ministrada pela coordenadora Maria do Amparo, juntamente com o nosso auxilio, pois a coordenadora estava realizando outras atividades e por alguns momentos nos deixava tomando de conta da sala, no dia 11 de outubro foi comemorado o dia da criança com uma atividade cultural no ginásio de esporte que fica ao lado da escola.
           No primeiro dia de regência que foi no dia 16 de outubro a mesma ministrada pela estagiaria Francisca Paula, que trabalhou o dia do professor. Nesta aula trabalhamos o dia do professor foi feito uma oração sobre o professor, foram feitos desenhos relacionados ao assunto e no segundo momento foi proposta uma atividade relacionada ao conteúdo.
            No segundo dia de aula que corresponde o dia 18/10 quem ministrou a aula foi eu com o tema matemática, Contagem, longe, perto.  Fio uma Aula expositiva e dialogada com os seguintes passos: 1º momento realizar uma dinâmica para socialização dos alunos e interação com a turma (estender e cruzar os braços). Em seguida distribuir folhas para quer as crianças pintem na por inteira com diversas cores. Fazer a confecção de bolinhas com os papeis, para que em circulo ao redor do cesto as crianças arremessem todas as bolinhas de uma só vez. Contar quantas bolinhas caiu dentro do cesto e quantas caíram fora e escrever no quadro. O presente relatório não conta todas as aulas, pois meu estagio não era continuo então não pude relatar as aulas que eu não estava presente.

            No dia de regência que corresponde 23/10 foi ministrada pela Francisca Paula. No dia 25/10 trabalhamos o alfabeto, letras maiúsculas e minúsculas.         Aula dialogada e expositiva com os seguintes passos: 1º momento roda de conversa e leitura sobre o alfabeto, em seguida escreve o alfabeto no quadro para ler com os alunos identificando as vogais e as consoantes. No segundo momento fazer uma atividade, copia e cobri o alfabeto. Desenho livre. Atividade para os alunos fazerem no quadro complete o alfabeto. No dia 26/10 trabalhamos sobre os tipos de moradias, aula ministrada pela estagiaria Francisca Paula.

No dia 30/10 eu Trabalhei, Silabas simples, família das consoantes B, C e D.           Aula expositiva e dialogada com os seguintes passos: Roda de conversa explicando os passos da aula. Em seguida aplicar o conteúdo e ler com as crianças. Realizar dinâmica com o alfabeto mostra a letra e perguntar a eles quem acerta ganha a letra. Atividade relacionada ao conteúdo. Em seguida uma historinha. Retornar ao conteúdo com atividade no quadro para ser respondida pelos alunos, completar as silabas no quadro.
.
           No dia 01/11 trabalhamos, Números naturais de 0 a 9. Aula expositiva dialogada com os seguintes passos; 1º Roda de conversa, explicando os passos da aula. 2º Vamos fazer o torneio de jogo de boliche, vamos observar quem derruba, mas litros. 3º passo mostra os números no quadro para realizar uma atividade. 4º jogo do dado modo torneio quem tira o número maior ganha, em seguindo uma atividade relacionada ao conteúdo e uma musica sobre os números (1 2 3 4 por aqui passou um gato).

No dia 06/11 foi meu primeiro dia auxiliando a Cristineide Fernandes ministrando a aula de ciências o corpo humano. No dia 08/11 trabalhei Órgãos dos sentidos (tato, olfato, paladar, visão e audição). Aula expositiva e dialogada com os seguintes passos roda de conversa e leitura de historinha. Vídeo “a chapeuzinho vermelho”. Cantar uma música que fala sobre os órgãos dos sentidos (cabeça ombro joelho e pé, olhos ouvido boca e nariz). Dinâmica vendar os olhos e perguntar que objetos eles estão tocando, da pra eles provarem alguns sabores e perguntar o que é? Atividade. No dia 09/11 trabalhei, Números naturais 0 a 20 e Direitos e deveres. Aula expositiva e dialogada com os seguintes passos; roda de conversa, texto sobre os números, jogo do supertrunfo, atividade, vídeo sobre os direitos e deveres das crianças. Comemoramos nosso enceramento com muito bolo e refrigerante, e confeccionamos lembrancinha para as crianças e entregamos para cada aluno uma revista educativa do Sesinho.
      .
No CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL PROFESSORA FRANCILEIDE LEAL MOREIRA, tivemos êxito no quesito atenção e participação dos discentes onde foram atingidos os objetivos propostos para cada aula ministrada. Tal afirmação pode ser comprovada com as observações feitas na nossa ficha de avaliação feita pela professora regente da sala Nonata Reis.

7. CONSIDERAÇÕES FINAIS
O estágio nos deu a oportunidade de estar, efetivamente, frente à sala de aula. Tem-se a oportunidade de estar na “pele” do professor, literalmente. Percebemos como será nossa prática, nosso dia-a-dia em uma escola como educador. Na atuação em sala de aula, tem-se a oportunidade de reflexão, de analisar onde e como devemos melhorar. Que situações nos deixaram pensativos, intrigados, ou seja, planejamos uma coisa pensando ser excelente, mas na hora de por em pratica, ledo engano.
Com essa experiência pudemos, então, ver que o ensino na educação infantil é a base de tudo, é uma oportunidade rica para experiências transformadoras do ser humano, tanto das crianças como de quem ensina, mas o que pudemos ver e sentir, é que essa experiência é um tanto mais enriquecedora para quem estar aberto ao novo.
O profissional que deseja estar nessa área, tem que ser alguém apaixonado pelo que faz, pois seu tempo, mesmo fora de sala de aula e dos planejamentos escolares, é voltado para a procura de materiais e atividades pedagógicas para serem utilizadas. È verdade que qualquer profissional de qualquer área, precisa cuidar de sua formação, correr atrás de ser o melhor. No entanto a profissão de professor e uma das, mas árduas e perseguidas.
No meu ponto de vista o estagio foi muito gratificante, com muitos pontos positivos, pois vi que não é isso que eu quero, já trabalhei em sala de aula em vários níveis escolares, no entanto se não for, no nível fundamental maior ou em supervisão eu penso que não atuarei em minha área, outro ponto positivo foi à experiência adquirida em sala de aula, fez com que de agora em diante, eu compreenda melhor as teorias da educação. Ao estudar, posso associar a teoria com a prática.
No processo educativo, como o homem é ser inacabado, chega á escola em condições de transformação e, por esse motivo o processo educativo não pode limitar-se a transmitir informações, fatos e dados, situando-se em uma acomodação, mas em um processo contínuo de compreensão e de efetiva “libertação” (como enfatiza Paulo Freire).
Assim, concluo que, o desafio enfrentado no decorrer do estágio supervisionado na educação infantil, obteve-se conquistas efetivas embora eu não concorde com os gastos feitos para que consigamos levar o lúdico ate os alunos, pois no momento do estagio levamos novas ideias, brinquedos e assim fazemos muito gasto quando estivermos na sala atuando não vamos fazer isso vamos nos esquecer de procurar trazer o lúdico para os alunos.








8. REFERENCIAS

CARLA, Vilza; Novo tic- tac, é tempo de aprender. Editora do Brasil

PIMENTA, Selma Garrido; Estagio e docência. Maria Socorro Lucena Lima; revisão técnica. José Fusari, São Paulo, Cortez 2004 (coleção docência em formação serie saberes pedagógico).

GOMES, Marineide de Oliveira; Formação de Professores na educação infantil, São Paulo; Cortez, 2009 (coleção docência em formação serie educação infantil).

MARANHÃO Gerencia de desenvolvimento Humano. Proposta curricular da educação infantil _ assessoria de educação infantil. São Luis, 2002.










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário